Calçado com resistência ao corte (CR) - Safetline Calçados de Segurança

calçado-de-segurança-resistente-ao-corte

Calçado com resistência ao corte (CR)

Em atividades ocupacionais com manuseio de instrumentos de corte, como facões por exemplo, é exigido por lei que os trabalhadores usem calçados profissionais com resistência ao corte (CR).

Conforme os requisitos da norma ABNT NBR ISO 20345 (Equipamento de Proteção Individual – Calçado de Segurança), para receber o selo CR, o calçado deve ser construído com área de proteção no mínimo 30 milímetros acima da quina da fôrma e da biqueira até o final do salto do calçado.

Ela ultrapassa a parte traseira da biqueira por pelo menos 10 milímetros.

A norma também determina que não pode haver espaço livre entre a biqueira e o material de proteção.

Além disso, o material de proteção deve ser fixado permanentemente ao calçado.

Se materiais diferentes forem usados para proteção contra o corte, eles devem ser fixados um ao outro ou se sobrepor.

Resistente a Altas Temperaturas (HRO)

Quando ensaiado de acordo com o método descrito na ABNT NBR ISO 20344 (Equipamentos de Proteção Individual – Métodos de Ensaio para Calçados), o índice de resistência do cabedal ao corte não pode ser menor que 2,5.

Para o calçado ser caracterizado como resistente ao corte, ele deve também contar com a sigla P (palmilha antiperfuro). Sem isto, ele não pode ser CR.

A Safetline possui em seu portfólio calçados profissionais com o selo CR aprovados com distinção nos ensaios técnicos obrigatórios.